Olá..Amiga!!!!!!!

Senti..exactamente o que escreves-te..
que fui magoada e que magoei...
o vicio..o lutar por mim..tudo..

lindo..lindo..

beijos e vai para os meus favoritos
Just Moments a 13 de Novembro de 2007 às 02:26

obrigada linda

bjos
Someone Else a 13 de Novembro de 2007 às 12:18

Amiga,
todos nós temos dúvidas. Viver é a maior de todas.
Por vezes “agarramo-nos” a uma ilusão… que se esvai… e depois, depois apenas ficam recordações.
Penso que deves “abrir” o coração… mas tb a mente… e disso tirares elações.
Eu próprio tenho dúvidas… e muitas…
Por vezes revejo a minha vida e penso que deveria ter feito como os outros e encontrar-me, aos quarenta, pai de família, funcionário público, cansado e contando os dias para a reforma. Mas, eu próprio desafiei o destino. Atirei-me a uma destruição metódica. Tentei sempre ir mais além… mais além no amor, mais além da raiva, mais além deste mundo visível. Inclusive por todos os meios que dispunha, álcool, drogas, a mística ou a loucura.
A verdadeira vida devia estar algures…
Toda a minha vida experimentando, falhando, recomeçando, para sair, por fim, da minha triste condição.
A família, o amor, o trabalho, as férias, o passeio ao sol, não passam de máscaras de carnaval oferecidas às pessoas, enquanto se espera que elas ordeiramente tomem o seu lugar no cemitério.
A grande maioria morre intacta. Ou seja, pouco diferentes do que nasceram, como pedaços de carvão, não consumido, a apodrecer nas profundezas de uma velha mina abandonada à sua sorte.
Esses não consumiram a vida. E, por vezes às portas da morte, revoltam-se por terem sido enganados, por sentirem, bem nesse instante que não viveram, ou que não os deixaram viver.
Pelo menos, eu tentei sempre afastar as máscaras do degredo psíquico. Mesmo agora, gasto, esfarrapado e grogue.

Espero com toda a sinceridade que encontres o teu colo assim como eu me encontre a mim próprio.

Até sempre
JC
João Cordeiro a 13 de Novembro de 2007 às 12:41

Someone Else a 13 de Novembro de 2007 às 23:30

Nem sei que te dizer!!!!! AGuenta-te!
Acreditas no destino?
O que tiver que ser, é!
Mesmo que não acredites, nesta altura pode ser reconfortante! Beijo.
Maaf a 15 de Novembro de 2007 às 10:00

não costumo acreditar muito, mas nestas alturas penso sempre "se estivermos destinados a ficar juntos, um dia iremos ficar, mesmo que agora só existam divergências entre nós"

bjo

E acredita que essa é a mais pura das verdades!
Maaf a 15 de Novembro de 2007 às 16:14

Olá, passa no meu blog, tenho lá um miminho para ti.
Beijinhos e parabéns pelo teu blog.
palavrasnosilencio a 16 de Novembro de 2007 às 10:59

irei passar não tarda. tenho de ver o que andaram a fazer aqui na blogoesfera durante a minha ausência. lol
bjnhos e obrigada por tudo
Someone Else a 20 de Novembro de 2007 às 18:01

Oi...

Acho que és uma BNC! se não sabes o que é passa pelo meu blog...

Ah e já agora... gostei do post! :)

Bjos**
joserios83 a 20 de Novembro de 2007 às 02:50

obrigada josé, passo lá não tarda

bjnhos
Someone Else a 20 de Novembro de 2007 às 18:02

Como te entendo...
redordead a 23 de Novembro de 2007 às 17:53

ola
conheço te pouco, por isso posso dar uma opiniao errada.
Penso que numa relaçao devem dar os dois, devem lutar os dois para que nao se perca o que os une, o Amor.
beju
sAndRa a 23 de Janeiro de 2008 às 18:24

pois, o problema entre nós é que eu dava tudo o que podia e ele dava pouco e eu sei que ele podia dar muito mais... começou foi a desleixar-se, foi-se acomodando, etc etc...

beijo

Como eu te entendo. Ja tive uma relaçao de algum tempo assim e chegou á um pouco que estavamos por estar. Ja nao havia muito a fazer. Nem que conversar. Que pensas fazer pela tua?
Beiju
sAndRa a 25 de Janeiro de 2008 às 14:43

nada... nós acabámos em finais de outubro...
ainda continuamos a falar, até demasiado...ele continua a dizer que gosta de mim, que quer voltar, que vais er tudo melhor desta vez, etc etc... mas já lhe dei tantas oportunidades enquanto andávamos e ele nunca as aproveitou... não vou dizer que já não sinto nada por ele, muito pelo contrário, mas não quero passar por tudo outra vez...

beijo

acho que fazes muito bem. se nao deu certo uma vez nao dá mais. e ja lhe perdeste o encanto.
beijus
sAndRa a 26 de Janeiro de 2008 às 18:00

o encanto permanece, continuo a gostar dele, mas...não quero passar por tudo outra vez e voltar a sofrer...

beijo
Someone Else a 26 de Janeiro de 2008 às 19:03